Simulacro no Hospital de Gaia

Ontem, durante a manhã, o Centro Hospitalar Gaia/Espinho foi palco de um simulacro, na Unidade II, no 3.º piso na enfermaria de pediatria.

Participaram no socorro os Bombeiros Sapadores de V. N. Gaia e os Bombeiros Voluntários de Coimbrões. A Protecção Civil Municipal esteve
presente para avaliar o exercício.

A evacuação e socorro decorreram de uma forma bastante organizada, a comunicação com os meios externos foi eficaz e o hospital demonstrou excelente preparação e sensibilização para este tipo de ações.

Anúncios

Filipe Menezes assume candidatura ao Porto

Podia ter sido uma notícia ‘bomba’, mas não foi. Pelo menos para grande parte dos gaienses, a confirmação da candidatura de Menezes ao Porto não foi surpresa. Talvez tenha sido inoportuno o momento da declaração. Mas só isso. Muitos conheciam bem o desejo antigo que o actual autarca de Gaia tinha em liderar a comunidade vizinha.

Em entrevista à Sic Notícias, Luís Filipe Menezes foi peremptório: “Estamos numa altura do país em que é preciso transparência, frontalidade e coragem. A minha decisão é irrevogável e aproveito para dizer aos portuenses, da cidade onde vivo há 40 anos, que amo muito e para a qual acho que tenho boas ideias e bons projectos, de que vou ser candidato à câmara do Porto”.

O ainda autarca de Gaia revelou também que só anunciou a candidatura após ter conversado com o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, e com o líder do PSD Porto, Ricardo Almeida, (que actualmente ocupa o cargo de presidente da Gaianima). Filipe Menezes assegurou mesmo que vai “ser candidato à câmara em toda e em qualquer circunstância”.

O presidente do executivo camarário, na mesma entrevista, revelou ainda que acredita que haja algumas renovações no Governo, embora posteriores à aprovação do Orçamento de Estado.

Com esta declaração, muitos gaienses começam agora a questionar quem irá ser o sucessor de Menezes. Apesar dos muitos nomes que têm surgido, quase todos acreditam que a ‘disputa’ estará centrada entre Marco António Costa (actual secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social) e José Guilherme Aguiar (vereador na câmara municipal de Matosinhos). Seguramente, o nome ficará escolhido após o ‘dossiê’ da fusão de freguesias (que terá de estar resolvido até o dia 14 de Outubro) e da hipotética renovação governamental.

Luís Filipe Menezes está prestes a terminar o quarto mandato conquistado com maioria absoluta e com a coligação entre o PSD e o CDS-PP.

Concurso nacional de fotografia da natureza “PARQUES E VIDA SELVAGEM”

Claro de Oliveira, prémio Arte Fotográfica de 2011

A exemplo do que aconteceu em anos anteriores, está em aberta a nova edição deste Concurso Nacional de Fotografia da Natureza.

Como os leitores e diversas comunidades de fotógrafos respondem a este concurso anual de uma forma cada vez mais positiva, surge este concurso, agora a concretizar 10 edições, com vários prémios disciplinados por categorias – Arte Fotográfica, Registo Documental, Fauna, Flora & Fungos, Paisagem, Júnior.

Esta iniciativa leva os participantes a um melhor conhecimento do património natural lusitano, gerando afetos em torno da temática da biodiversidade.

Para participar é obrigatória a leitura do regulamento, onde encontra a descrição dos Prémios, que pode descarregar em formato PDF indo a www.parquebiologico.pt e clicando em Atividades/Fotografia da natureza…

O prazo de entrega de trabalhos termina em 30 de setembro de 2012!

Bronze vem para Gaia

DR LUSA

Depois do Boccia, chegou a vez de Portugal conseguir a segunda medalha nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012. O atleta gaiense Lenine Cunha garantiu o bronze na prova do salto em comprimento F20 (deficiência intelectual) com um salto de 6,95 metros (atrás do espanhol Jose Exposito  com 7,25 metros e do croata Zoran Talic com 7,09 metros).

“Esta era a medalha que faltava e foi conseguida num ambiente fantástico”, salientou o medalhado gaiense, que aproveitou para dedicar ao treinador, José Costa Pereira, e à família o feito. De recordar que o atleta esteve ausente dos Paralímpicos durante 12 anos devido ao facto de a deficiência intelectual ter sido retirada do programa.

Natural da Afurada, o atleta Lenine Cunha aos 29 anos  já conseguiu conquistar 135 medalhas nas várias disciplinas do atletismo – salto em comprimento, triplo salto, heptatlo, pentatlo, estafetas 4×100 metros e 4×400 metro. Esta marca faz de Lenine o atleta português mais consagrado no desporto adaptado.

Lenine estreou-se em competições paralímpicas nos Jogos de Sydney 2000 e é também recordista mundial do heptatlo, do pentatlo e do triplo salto da Associação Internacional de Desporto para Pessoas com Deficiência Intelectual  (INAS-FID).

A primeira medalha para Portugal nestes Paralímpicos foi conquistada pela equipa de Boccia 3 (BC3), formada por Luís Silva, José Macedo e Armando Costa (suplente). Os lusos conseguiram a medalha de prata  numa prova onde a Grécia venceu por 4-1.

por noticiasdegaia Publicado em Desporto

XVI Torneio Andebol Feminino – “Festas de Stº Ovídio”

Nos dias 7 a 9 de Setembro os pavilhões do Colégio de Gaia serão palco do XVI Torneio Andebol Feminino – “Festas de Stº Ovídio”, tradicional prova integrada nos festejos anuais de St.º Ovídio.

Nesta edição, organizada em parceria por aquela autarquia e o CDE Colégio de Gaia – Andebol, com o apoio da Federação de Andebol de Portugal e da Associação de Andebol do Porto, participarão 8 equipas: Colégio de Gaia, C. João de Barros- Pombal, Juve Lis-Leiria, Cale-Leça, Juve Mar- Esposende, Passos Manuel – Lisboa e MaiaStars e, naturalmente, os vizinhos do Clube organizador o Almeida Garrett.

O departamento de Andebol Feminino do CDE do Colégio de Gaia volta assim a demonstrar empenho no desenvolvimento e promoção do andebol feminino e da a sua região, imagem de marca da postura ao serviço da juventude portuguesa.

Hortas e jardins geram inclusão e parcerias

A implementação de hortas e jardins no parque habitacional social de Gaia, desenvolvido pela Gaiurb com o objetivo de promover a inclusão social, está a gerar resultados muito positivos no que respeita à adesão de munícipes e de parceiros privados.

Na sequência do sucesso da implementação do projecto-piloto no empreendimento social Alberto Martins Andrade, em S. Félix da Marinha, em 2007, e do alargamento ao empreendimento social Dr. Mário Cal Brandão, em Avintes, em 2009, a Gaiurb está a replicar a experiência no empreendimento social D. Manuel Martins, em Oliveira do Douro. Até ao final do ano, prevê-se o arranque de mais duas hortas comunitárias, localizadas em terrenos junto aos empreendimentos Monte Grande, em Vilar de Andorinho, e D. Armindo Lopes Coelho, em Olival.

As hortas e jardins do empreendimento social D. Manuel Martins assentam numa lógica de envolvimento intergeracional e estão associadas ao projeto de inclusão social promovido pela Gaiurb junto da população mais vulnerável residente no parque habitacional social, nomeadamente idosos saudosistas das atividades de cultivo da terra, ex-detidos que regressaram aos seus lares, pessoas dependentes do álcool que se encontram em reabilitação e pessoas portadoras de deficiência.

Este projeto da Gaiurb tem merecido o apoio de diferentes entidades, designadamente o Centro Paroquial e Social de Oliveira do Douro (cujos utentes se disponibilizaram a partilhar a sua sabedoria com estas famílias carenciadas), a Junta de Freguesia de Oliveira do Douro (através da cedência das ferramentas necessárias ao tratamento e manutenção dos terrenos), o Parque Biológico Municipal (apoio no acompanhamento técnico e ambiental e na cedência de dezenas espécies para cultivar e estilhas de madeira para o revestimento dos terrenos) e, ainda, a Contecnica – Afonso & Carla, uma empresa de Serralharia sediada na Freguesia de Grijó (através da doação de vedações para os terrenos).

A delimitação dos terrenos a tratar, através da colocação de gradeamento uniforme, de modo a preservar os espaços dos animais domésticos, já foi concluída, graças à recente doação de mais de 300 metros de rede produzida pela Contecnica, o que permitiu vedar toda a área frontal do empreendimento, num total de quatro blocos habitacionais.

Afonso, o empresário responsável pela Contecnica, manifestou vontade em contribuir para este projeto dos jardins e hortas comunitárias, uma vez que se trata de uma ação que visa a inclusão social de pessoas vulneráveis.

A Contecnica é uma empresa de referência no mercado da serralharia e produz equipamentos de máxima qualidade, designadamente portões adequados a todas as necessidades: para garagem, decorativos, simples, automatizados, entre outros. Esta empresa gaiense é, também, responsável pelo fabrico de vedações, gradeamentos, estruturas para suporte. Os metais utilizados são da melhor qualidade de forma a tornar as peças precisas e resistentes.

Este projeto de inclusão social desenvolvido pela Gaiurb integra ações como a implementação de jardins e hortas comunitárias com o objetivo de proporcionar às famílias carenciadas a obtenção de alimentos essenciais à sua subsistência e saudáveis, contribuindo para o equilíbrio do orçamento familiar, ao mesmo tempo que promove o reforço do acompanhamento e apoio às pessoas com trabalho precário, desempregados, pensionistas e outras pessoas com fragilidades sociais.