8º Grande Capítulo da Confraria Queirosiana

20 de Novembro, sábado,18 horas, no Solar Condes de Resende

Como habitualmente, e desde 2003, a Confraria Queirosiana vai comemorar o aniversário de Eça de Queirós no Solar Condes de Resende, a Casa onde o escritor se apaixonou por aquela que viria a ser sua esposa, realizando aí o seu 8.º Grande Capítulo anual. Esta festa reúne grande número de Confrades espalhados pelo país, gente das mais diversas profissões e ocupações que testemunharão a insigniação dos novos confrades de número (apreciadores e cultores da obra de Eça de Queirós) nos graus de Leitores e Louvados, e os confrades de honra (aqueles que já se distinguiram na divulgação da vida e obra de Eça de Queirós), nos graus de Louvado e Grão-Louvado.

No presente ano serão insigniados, entre outros, o Chefe Hélio Loureiro, autor e criador de “Jantares Queirosianos” e Ana Teresa Peixinho, professora da Universidade de Coimbra, autora de notável obra sobre o patrono da Confraria.

Estarão igualmente presentes outras Confrarias e entidades ligadas à Cultura e à Gastronomia, nomeadamente a Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, assinalando assim o 10º aniversário da Lei que considerou o Património Gastronómico como integrante da Cultura Portuguesa.

Será ainda lançado o n.º 7 da nova série da Revista de Portugal, fundada em 1889 por Eça de Queirós, o qual será apresentado pelo seu director, o egiptólogo Luís Manuel de Araújo, enquanto que o autarca César de Oliveira, presidente da Assembleia Municipal de Vila nova de Gaia e confrade, apresentará o livro Republicanos, monárquicos e outros… da autoria de J. A. Gonçalves Guimarães, mesário-mor da Confraria Queirosiana, o qual fez a história dos autarcas gaienses da 1.ª República, contributo da Confraria para a evocação do Centenário da República.

O discurso de encerramento do Capítulo será proferido pelo presidente da Direcção, Prof. Doutor José Manuel Tedim, que fará o balanço das actividades desenvolvidas no presente ano, após o qual os confrades irão depositar uma coroa de louros na estátua de Eça de Queirós no Jardim das Camélias.

Segue-se o jantar de confraternização, terminando as comemorações com o habitual Baile das Camélias, com a exibição de dançarinos profissionais e o convite à valsa para todos os presentes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s