Simone de Oliveira esteve no Auditório de Gulpilhares

Um dos maiores ícones artísticos nacionais esteve no Auditório de Gulpilhares, no passado sábado. Falamos de Simone de Oliveira. A artista esteve presente na festa de aniversário de Casimira Lourenço, uma “cidadã de Gulpilhares, que gosta de cantar” e que deu aos convidados o presente de verem e ouvirem Simone de Oliveira. A artista encantou com alguns dos maiores sucessos de 52 anos de carreira, acompanhada pelo maestro e compositor Nuno Feist.

Mal entrou em palco, Simone de Oliveira arrecadou um mar de aplausos. A presença é inconfundível, o talento, de mais de cinco décadas, é incontestável, a força em ultrapassar as partidas mais traiçoeiras que a vida já lhe pregou é inigualável.

Simone de Oliveira realizou o sonho de Casimira Lourenço ao estar presente na festa do 40.º aniversário. “Sabia que a Mira tinha este sonho, e concretizar um pequeno sonho é tão fácil. É só estender a mão sem querer receber nada em troca”, disse a artista.

Simone de Oliveira falou das memórias dos 52 anos de carreira e do que lhe vai ficar na memória deste concerto intimista e familiar que deu em Gulpilhares: “Um público óptimo, o Coral de Gulpilhares é muito bom e a Mira canta muito bem. Às vezes canso-me de ouvir pessoas a cantar mal”.

No próximo ano a artista vai lançar um novo disco, e os admiradores vão poder voltar a vê-la na RTP numa série cómica. Em relação ao Norte, Simone de Oliveira está disponível para vir fazer teatro ou concertos: “Quando quiserem que eu venha fazer uma peça de teatro ou um concerto é só chamarem-me que eu venho”.

Foi com emoção que Casimira Lourenço e os gaienses se despediram de Simone de Oliveira, mas com muita vontade de voltarem a vê-la em Gulpilhares.

Casimira Lourenço intitula-se como sendo uma “cidadã de Gulpilhares que gosta de cantar” e no 40.º aniversário ofereceu um espectáculo aos familiares e amigos, que contou com a presença de Simone de Oliveira, que tanto admira, e do maestro e amigo Nuno Feist. Ao longo de 20 anos, Casimira tem actuado com o marido e com o irmão em festas privadas, e tem sido presença assídua nas passagens de ano do Casino de Espinho. Na festa de aniversário partilhou com os convidados o que mais gosta de fazer, que é cantar, partilhou momentos de dança, protagonizados por amigos, e partilhou ainda a actuação do Grupo Coral de Gulpilhares, o qual também integra.

“Tenho muita sorte de ter os amigos que tenho, porque só com eles isto foi possível”, confessou emocionada. “Não me considero artista, gosto de cantar, já canto há 20 anos. Hoje estava nervosa, porque é muito difícil cantar para amigos e ter ainda a Simone, as produtoras e o maestro Nuno Feist na plateia”, acrescentou.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s