Gaiense ganha reconhecimento no Festival de Jazz de Montreux

Maria João e Quincy Jones

No passado dia 15 de Julho, a jovem gaiense Maria João Mendes disputou a finalíssima do prestigiante concurso “Shure Montreux Jazz Voice Competition” integrado no famoso festival de Jazz de Montreux, na Suíça. O júri, liderado pelo famoso trompetista e lendário músico jazz americano Quincy Jones, entregou o prémio com palavras de reconhecimento sobre as extraordinárias qualidades vocais e sentido musical desta jovem cantora portuguesa, aspirando um promissor e grandioso futuro para Maria João Mendes.

Maria João foi a primeira portuguesa na história deste concurso (considerado o mais importante do mundo para jovens talentos do jazz vocal) a ser seleccionada e a ganhar um dos três prémios na grande final.

De 75 cantoras de 25 países do mundo, Maria João Mendes foi escolhida para fazer parte de um selecto grupo de 9 cantoras para disputar as semifinais (14 de Julho) e as finais (15 de Julho) que tiveram lugar no luxuoso Montreux Palace.

A cantora portuguesa ganhou o 3º prémio. Ganhou também um cheque no valor de 2.000CHF oferecido pelo festival de Jazz de Montreux e um vale no valor de 2.000€ oferecido pela famosa marca de microfones Shure.

Maria João Mendes é mais um caso de um jovem talento nacional reconhecido além fronteiras.

Desde 2007 vive na Holanda onde, no ano de 2009, ganhou o 1º prémio no importante concurso holandês “Nederlands Jazz Vocalisten Concours” e o prémio “Your World Port Prize” criado pelo alto comissariado do Porto Marítimo de Roterdão. Ainda em 2009, Maria João recebeu das mãos do ministro da Cultura holandês uma bolsa de mérito pelas suas qualidades artísticas.

Nesse mesmo ano conclui o Mestrado em “Jazz/Brazillian voice studies and vocal performing” no Conservatório de música de Roterdão – Codarts.

Em Portugal frequentou o Curso de Canto Jazz na Esmae – Escola Superior de Músicas e das Artes do Espectáculo do Porto onde conclui o bacharelato em 2007.

Estudou canto Jazz com a incomparável Sheila Jordan nos Estados Unidos. Jay Clayton, David Linx, Fay Claasen e Connie de Jong foram também seus professores. No panorama do jazz português Fátima Serro foi a primeira professora de canto jazz.

Desde 2009, entre concertos na Holanda e Bélgica com grandes nomes do circuito do jazz europeu, Maria João tem estado a trabalhar para o primeiro álbum que será lançado em breve.

Advertisements
por noticiasdegaia Publicado em Cultura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s