Ambiente

Suma celebra primeiro ano de internacionalização em Angola

A Vista Waste, empresa participada da Suma para dar suporte às intervenções em Angola, celebra este mês um ano sobre a sua constituição. Correspondendo à primeira internacionalização efectiva da Mota-Engil Ambiente e Serviços, grupo do qual a Suma faz parte, a Vista Waste intervém, de forma integrada, nas áreas de Recolha e Transporte de Resíduos, Limpeza Urbana, e Educação e Sensibilização Ambiental.

Este mês coincide, também, com o início da prestação de um novo serviço de Lavagem de algumas das principais vias de acesso ao centro da cidade de Luanda e ao aeroporto 4 de Fevereiro, actividade que será efectuada com uma periodicidade diária, durante dois meses.

A execução deste serviço pontual, para além da disponibilidade e flexibilidade da organização em dar resposta às necessidades identificadas pelo cliente, confirma igualmente as expectativas da Vista Waste e do grupo em que se insere de grande potencial de crescimento nesta e noutras Províncias Angolanas, onde se têm vindo a realizar investimentos nas relações comerciais.

Recorde-se que em menos de um ano de actividade, a Vista Waste triplicou a recolha de resíduos e o investimento feito em viaturas ligeiras e pesadas e demais equipamentos, reforçando assim a aposta nos elevados padrões de qualidade dos serviços prestados, e integrou, neste período, um total de 300 trabalhadores, dos quais 96% são trabalhadores locais.

Educação Ambiental é uma aposta ganha

Em marcha está já a primeira fase do Programa de Educação Ambiental, desenvolvido para toda a província de Luanda e que terá a duração inicial de 5 anos, concretizando-se, no ano lectivo inaugural, 10 campanhas de sensibilização, através de 28 suportes e instrumentos de sensibilização.

Representando um elevado investimento em meios humanos e logísticos, o Programa de Educação Ambiental de Luanda chegará, por contacto directo, a cerca de meio milhão de crianças e docentes e deles, por efeito de propagação epidémica, a 3 milhões de cidadãos. Ao longo dos 5 anos de projecto, prevê-se a constituição de uma equipa técnica com 42 elementos, dos quais 12 serão recursos expatriados e 30 locais. Nesse período, serão concretizadas cerca de 16 campanhas de sensibilização por ano, a que corresponderão, previsivelmente, 70 instrumentos de sensibilização, para além do desenvolvimento de manuais escolares, fichas curriculares, livros de passatempos e jogos didácticos. Para percorrer os Estabelecimentos de Educação e Ensino de Luanda estão previstas várias Unidades Móveis de Sensibilização, designadas por LIXOMACHIMBA®, que integram cd’s interactivos e diferentes actividades de exploração sensorial.

Anúncios
por noticiasdegaia Publicado em Ambiente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s