Sociedade

1º Congresso Internacional de Gaia inaugura Parque Tecnológico de São Félix da Marinha

IMG_0932Em apenas dois meses, o Parque Tecnológico de São Félix da Marinha já tem 18 empresas instaladas, das 28 possíveis. Neste espaço está instalada a Inova.Gaia que abriga novas empresas especializadas em energias renováveis, tecnologias de informação e comunicação, agro-indústria, ciências do mar e construção.

O Inova.Gaia – Centro de Incubação de Base Tecnológica de Vila Nova de Gaia é uma associação de direito privado sem fins lucrativos e será dotada de autonomia administrativa, financeira e patrimonial. Representa um investimento de quatro milhões de euros, três milhões do 3.º quadro de apoio comunitário e um de capital próprio, “onde se encontra uma grande parte do investimento do município”, salientou Álvaro Santos, presidente do Inova.Gaia.

As empresas interessadas candidatam-se a um dos espaços e caso consigam pagam uma mensalidade de apenas 8 euros por cada m2 da sala. Tudo o resto é cedido pelo Centro de Incubação, nomeadamente equipamento, mobiliário, apoio jurídico e financeiro e, inclusive, as oportunidades de financiamento – nacionais ou comunitárias – para as empresas já instaladas ou mesmo para as que pretendam instalar-se.

IMG_0960 onNo entender do presidente da câmara, esta inauguração representa “uma pequena peça para ajudar o mercado e para criar emprego, sobretudo na dinamização de uma nova economia, mais adequada a um paradigma de desenvolvimento actual”.

Este é um dos parques que foi construído de raiz. Seguem-se mais dois: em Sandim e Perosinho. Os que já existem em Gaia vão ser recuperados, ao abrigo do programa municipal ‘Gaia Fénix Industria’. Uma das novidades é que em todos os equipamentos vão ser instaladas cantinas sociais.

O Inova.Gaia recebeu durante três dias o 1º Congresso Internacional de Gaia. Este evento foi organizado pelo ISLA, IspGaya, IESF e Instituto Piaget, todas instituições superiores da cidade de Gaia. “Queremos estabelecer uma ponte entre o mundo académico e o empresarial. Vamos ter apresentações de vários artigos científicos e casos práticos. Estou certo que vai dar um enorme contributo para sermos ainda mais competitivos”, explicou Álvaro Santos.

TEGOPI deixa Vilar do Paraíso

Uma das empresas que deverá rumar ao Parque Tecnológico de São Félix da Marinha é a TEGOPI – de indústria metalomecânica – que se encontra no miolo urbano de Gaia, concretamente na freguesia de Vilar do Paraíso.

Com esta deslocalização para o parque empresarial, a empresa poderá valorizar e rentabilizar o terreno de Vilar e, simultaneamente, o município vê concretizada a possibilidade de “reordenar do ponto de vista urbano de uma área central de Vila Nova de Gaia”, evidenciou Luís Filipe Menezes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s