Sociedade

Quando a Mulher sonha… a obra nasce!

Ministro Vieira da Silva, presidente da Junta José Carlos Cidade e Elisa Oliveira presidente da Associação de Solidariedade Social da Madalena

Ministro Vieira da Silva, presidente da Junta José Carlos Cidade e Elisa Oliveira presidente da Associação de Solidariedade Social da Madalena

Madalena. A mais recente Vila de Gaia. Tem mais um motivo de orgulho: o Centro de Dia e Creche.

E para o lançamento da 1.ª pedra ninguém melhor que o ministro da Solidariedade Social. O único alto governante da nação que foi à freguesia, desde 25 de Abril de 1974. Vieira da Silva calçou as luvas e firmou o início da construção do edifício que vai servir perto de uma centena de madalenenses.

Dentro de um ano, ao lado da junta, o equipamento vai suprimir três carências da freguesia: centro de dia (30 utentes), creche (33 crianças) e apoio domiciliário (35 pessoas). A Madalena conta actualmente com cerca de 12 mil habitantes, dos quais cerca de 60% tem mais de 65 anos. Alguns com graves carências económicas.

O Centro de Dia é uma aspiração da Associação de Solidariedade da Madalena. “Um sonho” como disse a presidente Elisa Oliveira, que nasceu juntamente com a instituição. A 4 de Janeiro de 2003. E depois de muito trabalho e uma parceria estratégica, o “sonho” está no terreno. O primeiro “de muitos outros sonhos”, assegurou a responsável.

IMG_1262Mas o ‘sonho’ só foi possível “numa lógica de trabalho em rede, onde a Associação de Solidariedade Social da Madalena foi a entidade que apresentou a candidatura ao PARES II [Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais]; a Junta de Freguesia da Vila da Madalena, cedeu o terreno; a Câmara, se propôs realizar os projectos e a fiscalização da obra e em que o Ministério – que Vª Exª superiormente dirige  – apoia com meios financeiros”, como evidenciou o presidente de junta, José Carlos Cidade. Esta co-parceria vai garantir 240 mil euros vindos do PARES.

Mas a freguesia não vai baixar os braços. Há ainda muito por fazer pela vila. Pelas pessoas.

“Sr. Ministro, o projecto do qual hoje lançamos a 1ª pedra, não se trata de um ponto de chegada, antes pelo contrário, este cria os alicerces para a evolução e para o aprofundamento do trabalho, que tem vindo a ser desenvolvido desenhando novos objectivos, que me movem na continuidade deste trabalho ao serviço da população da Vila da Madalena”, terminou o autarca.

“Hoje é um dia de esperança e de alegria para a associação, para a Vila da Madalena, para o município”, lembrou o ministro. O importante é que, após esta concretização, o espaço seja utilizado por todos, “sem discriminação”.

O governante elogiou ainda a instituição madalenense considerando que “é uma das poucas do país que tem um grande trabalho, em tão poucos anos de vida. Merece o reconhecimento da freguesia”. TT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s