Sociedade

Manuel Pizarro apresentou projecto pioneiro

Secretário de Estado da Saúde satisfeito com resultados deste programa

O Centro de Saúde de Espinho foi ontem o ponto de partida para uma nova fase da luta contra a DPOC – Doença dpoc-grupo1Pulmonar Obstrutiva Crónica. O projecto tem no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho um dos parceiros privilegiados e é impulsionado pelo Ministério da Saúde, no âmbito do Programa Nacional de Prevenção e Controlo da DPOC.

A finalidade é permitir que os utentes dos centros de saúde da área de influência do CHVNG/E realizem a espirometria, um exame necessário para se obter o diagnóstico da doença e que, até aqui, era realizado apenas nos hospitais.

A inauguração do projecto decorreu no Centro de Saúde de Espinho e contou com a presença do Secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro.

À semelhança do referido membro do Governo, os presidentes da ARS Norte, Maciel Barbosa, e do CA do CHVNG/E, João Ferreira, o director clínico do CHVNG/E, Raul de Sá, e o presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, Segorbe Luís, fizeram igualmente questão de reforçar a importância da iniciativa.

O objectivo é rastrear mais facilmente a DPOC e, a curto prazo, fazer com que a espirometria seja, um exame tão comum como a medição de tensões arteriais. Para a realização deste exame de rastreio, o mais eficaz contra a DPOC, a tutela vai disponibilizar Unidades Operacionais móveis de espirometria que irão percorrer os centros de saúde da área de influência do CHVNG/E, e que vão permitir a introdução deste meio complementar de diagnóstico nos Cuidados de Saúde Primários.

As unidades móveis de rastreio vão percorrer, de 15 em 15 dias, cada um dos seis centros de saúde da área de influência do CHVNG/E – Carvalhos, Soares dos Reis, Barão do Corvo, Espinho, Oliveira do Douro e Miramar. Para os exames a realizar nas diferentes unidades de saúde, o Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho disponibiliza um técnico do Serviço de Pneumologia e o equipamento necessário para a realização do exame.

O Projecto pioneiro de combate contra a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica arrancou no dia 4 de Fevereiro e prevê-se que ainda este mês seja alargado ao Centro Hospitalar de Lisboa.

Recorde-se que a DPOC é provocada sobretudo pelo fumo do tabaco e atinge actualmente cerca de 20% dos fumadores portugueses e 5% da população total.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s