Cultura

CALE-se voltou à cidade

Já começou a terceira edição do Festival ‘CALE-se”. Organizado pela Associação Recreativa de Canidelo, este evento cartaz-cale-seinternacional de teatro levará a Gaia nove espectáculos por companhias de vários pontos do país e decorre até 21 de Março.
No dia 31, será exibida a peça “Nem tudo começa com um beijo”, uma tragicomédia de Jorge Araújo, interpretada pelo grupo Pelo Sol d’Alma, de Ovar.
A 7 de Fevereiro, será a vez de “Camila Baker”, uma comédia de Emílio Boechat, representada pelo Loucomotiva, do Taveiro, em Coimbra.
No dia 21, “A bengala”, pela Cem Soldos, de Tomar, e, a 28, “Quando o amor é uma perdição”, pela Oficina de Teatro de Favaios, de Alijó, subirão ao palco.
O CALE-se, cuja edição deste ano tem como patrono a actriz Margarida Carpinteiro, é um festival de carácter competitivo, o único em Portugal organizado por um grupo de teatro não profissional, estando a concurso nove prémios, nomeadamente para as melhores interpretações feminina e masculina.

Anúncios
por noticiasdegaia Publicado em Cultura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s