Cultura

Gaia estreia teatro para infância

Oito novos espectáculos de teatro vão subir a diferentes palcos de Gaia nesta semana, começando já hoje com duas estreias, especialmente, dirigidas ao público infantil e ambas baseadas em obras de autores brasileiros.

pluffA primeira delas, apresentada pelo TEP logo às 10h30 no Auditório Municipal, é “Pluff, o Fantasminha”, peça da dramaturga Maria Clara Machado, que faz a apologia da amizade e está recheada de humor, poesia e música.

Este espectáculo ficará em cena até 13 de Dezembro com espectáculos às 10h30 e 14h30 à 2ª, 4ª, 5ª e 6ª e às 16 horas ao Sábado.

Também nesta quinta-feira, e igualmente com o apoio do Pelouro da Cultura, o TeatroArado estreia “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, de Jorge Amado, que será apresentado até 22 de Novembro no Cineteatro Eduardo Brazão, em Valadares. As sessões decorrem às 10h30, 14h30 e 16h (escolas) à 2ª, 3ª, 5ª e 6ª e às 21h45 (público em geral) ao Sábado.

Mas Gaia, Cidade de Teatro tem ainda mais seis espectáculos para apresentar na noite de Sábado, no âmbito de diversos festivais e encontros.

“À espera de Godot”, a mais famosa peça do chamado ‘pai do teatro do absurdo’, Samuel Beckett, é apresentada pelo TEAGUS-Teatro Amador de Gulpilhares no Auditório dos Plebeus Avintenses.

O TAS-Teatro Amador de Sandim leva à Associação Recreativa de Perosinho “As histórias de Hakim”, uma peça de Norberto Ávila que remete para o universo das Mil e Uma Noites.

Já a Associação Recreativa Entre Parentes leva o espectáculo “Renascer Parentes” ao Centro Social de S. Tiago (Oliveira do Douro).

O Grupo de Teatro Amador Art’Iris representa no Grupo Dramático de Vilar do Paraíso “Os Pequenos Burgueses”, a primeira peça de sucesso do russo Máximo Gorky, que retrata os conflitos de uma família de comerciantes.

A Associação Recreativa de Laborim recebe a Associação Cultural e Recreativa “Os Amigos Vilarenses” com “As Pupilas do Sr. Reitor”, baseado no célebre romance de Júlio Dinis que foi alegadamente inspirado na vida das gentes de Grijó.

Finalmente, “Terra Firme”, a primeira peça de teatro escrita por Miguel Torga, é representada pelo Centro de Recreio Popular de Arnelas na Tuna Musical de Santa Marinha.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s