Opinião

Uma silly season totalmente silly

Os mesmos que estão preocupadíssimos com os trezentos terroristas presos em Guantanamo desvalorizam os raptos e assassínios de milhares ao longo dos anos pelo grupo de bandidos das FARC, a que chamam eufemisticamente “guerrilheiros” e os nossos distraídos media “rebeldes”. Sequestros, assassínios, narcotráfico, são coisas de somenos para estes iluminados!

O inacreditável tiroteio nas ruas de um bairro social na Grande Lisboa foi um exemplo de má política (veja-se a surrealista entrevista de um tranquilo secretário de estado na noite dos acontecimentos) e de mau jornalismo (passando a mão multiculturalista por cima dos acontecimentos). Nesta altura apalermada que assola os nossos media, imagino que devem ter lá um tipo em permanência para procurarem no youtube clips excêntricos dos Estados Unidos. Imagine-se este tiroteio nos EUA: repeti-lo-iam à exaustão, ouviriam o Obama, diriam uma piada sobre o Bush e poriam um avisado correspondente a perorar sobre as imagens e a posse de armas e sobre isto e sobre aquilo…

Por que as televisões não vão também de férias e nos deixam em paz por um mesito?

Artur Villares

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s